Instituto conclui Campanha para a Consulta Pública da ANS 2018 com grandes conquistas
Mobilização que começou em julho levou à incorporação de medicamentos essenciais para tratamento do câncer de próstata, câncer de pulmão e melanoma
Da Redação - Publicado: 25/10/2017 - Atualizado: 19/11/2017

O Instituto Lado a Lado pela Vida comemora mais uma vitória e comunica o grande sucesso da Campanha que idealizou para a Consulta Pública do Rol da ANS 2018.

A Campanha foi realizada em três fases importantes.

A primeira foi dedicada à conscientização do público acerca do que é uma consulta pública e da importância de se ter um canal onde é possível fazer contribuições, que ao final, refletirão em melhores tratamentos para si e sua família.

A segunda fase consistiu em selecionar, tendo como base as causas do Instituto Lado a Lado pela Vida e sempre pensando no paciente como o foco principal, as demandas que seriam endereçadas à ANS.

A participação do Comitê Científico do Instituto Lado a Lado pela Vida foi fundamental nesse processo. Nesta fase, também, o Instituto Lado a Lado pela Vida reuniu e liderou um trabalho em Rede com três instituições: Femana, Abrale e IVOC, criando assim um importante movimento de sensibilização e envio das suas demandas individuais e em conjunto.

A terceira fase foi a prorrogação do prazo pelo colegiado. Nesse momento, foi importante intensificar um novo movimento de pressão que o sensibilizasse a se manifestar acerca das aprovações.

E hoje, é com grande orgulho que o Instituto Lado a Lado pela Vida comunica que praticamente todos os pleitos endereçados nas contribuições junto à ANS foram aprovados, passando a fazer parte do Rol em 2018.

Das reivindicações feitas pela ONG, foram aprovadas:

 

  • Inclusão do Dabrafenibe para tratamento do melanoma metastático ou irressecável;
  • Inclusão do Enzalutamida, para o tratamento do câncer de próstata metastático resistente à castração;
  • Inclusão do exame ALK para detecção de câncer de pulmão;
  • Inclusão do medicamento Crizotinibe para tratamento de câncer de pulmão avançado.

 

Esta é uma vitória para todos os pacientes que poderão usufruir destas aquisições para um tratamento justo e de qualidade. O Instituto Lado a Lado pela Vida tem absoluta certeza de que cumpriu e continuará cumprindo sua missão que é lutar pelo acesso, diagnóstico e tratamentos dignos e adequados para todos aqueles que necessitam.  

Mas, a nossa luta continua...

A nossa expectativa é que levem em consideração a revisão dos argumentos, referente à inclusão do Osimertinibe, PDL-1 e Olaparibe.

Saúde